segunda-feira, 1 de maio de 2017

Obra prima II



Ela, que não entendia de pintura, sentia-se feliz ao ver que sua tela, finalmente está ficando pronta...
Sem saber como, nem porque iniciara este trabalho, ela se deixou ser guiada e de repente cada rabisco ganhou forma, cor, definição, beleza...
Tudo que era apenas imaginação começa a se tornar palpável, apreciável... E depois de tantos rascunhos inacabados, a tão sonhada Obra Prima está ali, bem a sua frente esperando para finalmente ser finalizada.

Mônica Bacelar









quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Obra Prima




Ela não entendia muito de pintura, mas de repente ao olhar para tela sentiu desejo de pintar...
Aquela mesma tela que por tantas vezes esteve ali convidando-a para ser pintada...
Por onde começar? Quais cores usar? Que desenho fazer? Ela não tinha resposta para nenhuma dessas perguntas, e apesar de já ter tentado fazer outros desenhos anteriormente sem sucesso, começou a rabiscar.
Seria aquela sua obra prima ou mais um rascunho inacabado?
Sem pensar muito começou a trabalhar...
Ela não conseguia entender o desenho que começava a criar... faltava forma, faltava cor, faltava alguma coisa que nem ela sabia o que é...
Logo ela começa a imaginar como gostaria de finalizar seu trabalho. Por um instante ela fecha os olhos e vê o quadro pronto, cheio de cores e apreciável.
Então ela abre os olhos e mesmo sem saber se vai conseguir o resultado final que ela espera continua a desenhar na esperança de enfim construir sua tão sonhada obra-prima!

Mônica Bacelar
 09/02/17 2:14h

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Ela...



Ela é complexa, intensa, e não vem com manual de instrução. 
Ela é sensível. Qualquer frase bonita a faz chorar. Ela nunca desiste. Por mais complicado a situação está, ela vai até o fim. Ela é determinada, exigente, perfeccionista.
Não é porque ela muda de assunto de uma hora para a outra, que quer dizer que ela não ouviu o que você estava falando. Ela estava, porém você a fez pensar em outra coisa. Mas se ela deixar de falar, corre o risco de seus pensamentos correrem.  Ela gosta de saber que é amada, que é especial e que sempre será a única no seu coração.


Ela é pura poesia. Sentimento, amor. Amor é a chave para seu coração. 
Ela é de fases. Ora está feliz, ora está quieta em um canto ouvindo uma música triste. Muito provável que esteja chorando baixinho. O motivo? Ah, até ela te explicar; Às vezes ela soluça de tanto chorar. Às vezes ela rola no chão de tanto rir. 
Os sentimentos dela, são montanha-russas eternas, que não tem hora para parar. Ela gosta desse clichê que é a vida, mas também gosta de coisas originais. Gosta de correr para abraçar suas amigas, não tem lá muita vergonha. 
 Ela vai cuidar de você, como se fosse um bichinho de pelúcia. Um peixinho no aquário. Ela vai te deixar livre, só não invada a liberdade dela.
Ela até gosta do passado. Gosta das memórias, das lembranças, das histórias que a fizeram rir um dia, até daquelas que a fizeram chorar. Mas ela prefere sonhar com o futuro. Com todas as coisas que ele ainda guarda, e ela quer ir lá, à pé, para descobrir. Tão sonhadora, que mal consegue se manter no chão.
Ela fácil de conquistar. Ah, mas eu te falo, que vale a pena. Não jogue o amor dela fora, não. Hoje em dia, tudo o que ela tem para te dar é ouro. Não deixa ela ir embora, pois ela pode nunca mais voltar.  Ela quer apenas viver, sentir e aprender.
Sim, ela sente mais que todos as mulheres juntas.



Adaptação do Texto de Bárbara Morais.



Até parece que falou de mim

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Abraços


No silêncio de um abraço palavras são desnecessárias...
Muitas vezes, quando não se sabe o que dizer, então se abraça,
dizendo muito, sem dizer nada...
Num abraço se transmite calmaria, paz, consolo, amor...
Abraços neutralizam a dor,
Quanto mais apertado, maior o alivio...
"O melhor lugar do mundo é dentro de um abraço"

Mônica Bacelar




sábado, 13 de fevereiro de 2016

De repente...


De repente o futuro aponta querendo virar presente...
E você chega de mansinho, superando todas as expectativas,
colocando fim na minha busca incessante.

De repente os espaços vazios vão sendo preenchidos,
os dias são mais coloridos e cheios de brilho...

De repente toda espera valeu a pena,
A solidão está dando adeus
Somos EU e VOCÊ em busca do NÓS.

Mônica Bacelar




terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Espero...


Espero o dia da tua chegada...
Espero o dia que me olhes nos olhos do jeito certo
e daquele instante em diante não precisarei de nenhum outro olhar...
Espero o dia do SIM,
e de todas as juras de amor...

Nenhuma espera é longa demais pra te ter do meu lado...
'E Se prometeres não demorar, posso te esperar a vida toda'
Afinal, 'o que vale a pena possuir, vale a pena esperar'

Vem amado meu, não te demores...
A porta do meu coração está aberta,
Entra sem pressa e faz morada nesse peito meu...

Mônica Bacelar


segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Devaneios...

No silêncio que adormece, muitas são as perguntas sem respostas e  respostas que nada dizem... Tranquiliza o teu coração. Se afasta das interrogações, pois há indagações que ainda não foram desvendadas.
Segue caminhando, retira os sonhos das gavetas, há muito caminho pra ser trilhados, muitas lágrimas ainda não foram derramadas e alegrias ainda não vividas.
O caminho é longo, e muitas vezes vai se sentir só, carregando consigo as ausências cravadas no coração. Segue tua jornada, algumas distâncias são maiores que outras, mas precisam ser percorridas, e quando menos se espera encontrará uma  janela aberta para o quarto das emoções e a inércia das horas perdidas desaparecerá, os sonhos infindáveis se tornaram realidade trazendo resposta para todas as perguntas, e o silêncio outrora adormecido, dá lugar ao barulho de dois corações batendo no mesmo compasso...

Mônica Bacelar
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...